Google is committed to advancing racial equity for Black communities. See how.
Esta página foi traduzida pela API Cloud Translation.
Switch to English

Pré-requisitos de certificação

Para executar testes de certificação em um componente ou produto OpenThread, usando o GRL Test Harness, verifique se você atendeu aos requisitos a seguir.

Associação de grupo de discussão

Para fazer o download e usar o software GRL Thread Test Harness, ou para enviar um componente ou produto para certificação, você deve ter Filiação Colaborador ou Patrocinador no Grupo de Threads.

Porting

OpenThread deve ser portado com sucesso para a plataforma de destino para certificação. Para obter mais informações, consulte o Guia de transferência .

Opções de construção

As seguintes opções de construção são necessárias para o dispositivo em teste (DUT) envolvido no teste de certificação.

  • BORDER_ROUTER
  • COMMISSIONER (Dispositivo Full Thread (FTD) apenas)
  • DHCP6_CLIENT (opcional)
  • JOINER

A seção 8 da Thread 1.1.1 Specification define o protocolo de comissionamento de malha em banda (MeshCoP) para autenticação segura, comissionamento e junção de novos dispositivos de rádio não confiáveis ​​a uma rede em malha. Para usar o MeshCoP para casos de teste de comissionamento em banda, as funções de Comissário e Joiner devem ser habilitadas.

OpenThread fornece suporte DHCPv6 básico, mas DHCPv6 é listado como opcional na especificação Thread 1.1.1. Três casos de teste usam a funcionalidade do cliente DHCPv6: 5.2.5 (REED), 5.3.8 (Leader) e 5.3.9 (Router). Se seu aplicativo usa DHCPv6, habilite o DHCPv6 em sua construção.

Por exemplo, para construir a plataforma CC2538 com DHCPv6 para uso como um DUT em testes de certificação:

make -f examples/Makefile-cc2538 BORDER_ROUTER=1 COMMISSIONER=1 DHCP6_CLIENT=1 JOINER=1

Para obter mais informações sobre como usar as opções de configuração e construção, consulte o Guia de Construção .

Opções de construção de pilha de referência

As seguintes opções de construção são necessárias para a pilha de referência envolvida no teste de certificação:

  • BORDER_ROUTER
  • COMMISSIONER
  • DHCP6_CLIENT
  • DHCP6_SERVER
  • JOINER
  • MAC_FILTER
  • REFERENCE_DEVICE

Por exemplo, para construir o CC2538 para uso como uma pilha de referência em testes de certificação:

make -f examples/Makefile-cc2538 BORDER_ROUTER=1 COMMISSIONER=1 \
     DHCP6_CLIENT=1 DHCP6_SERVER=1 JOINER=1 MAC_FILTER=1 REFERENCE_DEVICE=1

Hardware

  • 32 Dispositivos de referência de thread (usamos placas TI CC2538 ), executando OpenThread 1.1 ou outra implementação de Thread suportada pelo Test Harness
  • Um NXP / Freescale Sniffer USB-KW24D512, executando o firmware sniffer fornecido pelo Test Harness
  • Um DUT (o dispositivo que você está certificando) executando OpenThread 1.1
  • Uma caixa de proteção de RF para os seguintes casos de teste:
    • 5.6.7 (REED)
    • 6.3.2 (MED, SED)
    • 9.2.9 (Líder, Roteador)
    • 9.2.10 (Roteador, ED1, SED1)
  • Hubs USB suficientes para suportar pelo menos 35 dispositivos (32 dispositivos de referência + 2 sniffers + 1 DUT)
  • Uma máquina Windows para executar o software Test Harness

Programas

O GRL Thread Test Harness é necessário para todos os testes de certificação.

Próximos passos

Quando todos os pré-requisitos forem atendidos, você estará pronto para o teste de certificação.

Para automatizar os testes de certificação, é necessária uma configuração adicional. Consulte Configuração de automação para obter mais informações.

Para executar testes de certificação manualmente, consulte Usando o GRL Test Harness .